REUNIÃO ABERTA DA COMISSÃO EXECUTIVA DO FÓRUM POTIGUAR DE CULTURA


A Comissão Executiva do Fórum Potiguar de Cultura promove reunião aberta dia 15 de novembro, às 10h, no Centro Cultural Adjuto Dias, em Caicó, inicialmente com três pautas: alinhamento das demandas a serem entregues oficialmente a Governadora Fátima Bezerra; articulação do calendário do FPC com reuniões e encontros nas cidades/territórios presentes; definição da data, local e comissão para realização ainda esse ano da “Oficina Como Funciona o FEC no RN?” que visa entender o funcionamento do Fundo Estadual de Cultura do RN a partir das perspectivas orçamentária e legal.
Além de Caicó, representantes de Natal, Currais Novos, Santa Cruz e outras 10 cidades já confirmaram presença. A primeira reunião da comissão executiva fora da capital está sendo articulada pelos produtores culturais Lourival Almeida e Alexandre Muniz. “Ser no interior fortalece a proposta de termos políticas públicas de cultura que deem conta da diversidade do estado e das especificidades das produções. Um estado inclusivo olha para todas as direções e ouve todas as vozes”, argumenta Lourival.
Para Tatiane Fernandes, que participa da articulação do fórum desde do primeiro encontro e também estará na reunião em Caicó, quanto mais o RN estiver presente maior a clareza das demandas e mais qualificada a contribuição que o FPC poderá dar a gestão estadual de cultura. Além da questão regional o FPC também busca fortalecer sua representatividade dos diversos setores das manifestações simbólicas da cultura.
SOBRE FÓRUM POTIGUAR DE CULTURA
Criado em 2011 o Fórum Potiguar de Cultura, uma organização da sociedade civil com participação de dezenas de artistas, produtores, redes setoriais, grupos e movimentos culturais, tem se proposto a ser um espaço para dialogar questões relacionadas á produção, gestão e política cultura no âmbito estadual.
Sua atuação desde então tem sido através de promoção de encontros e espaço de diálogos. Em 2012 através da realização do primeiro Encontro Potiguar de Cultura gerou a ‘Cartilha de Diretrizes para a Cultura Potiguar’. Em 2014 realizou um debate entre os candidatos ao governo, e tomou a iniciativa de indicar ao eleito uma lista tríplice com nomes para a gestão da área. Também foi responsável pelo terceiro (2016) e quarto (2018) Encontro Potiguar de Cultura onde se gerou uma proposta para o Sistema de Financiamento Cultural, que vem sendo discutido desde então.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FÓRUM POTIGUAR DE CULTURA - DIRETRIZES 2018