FPC LEVA DOCUMENTO DA ENTIDADE À COMISSÃO DE TRANSIÇÃO NOVO GOVERNO RN


Fórum Potiguar de Cultura entrega em mãos documento da entidade
ao coordenador da equipe de transição do novo governo eleito do RN

DOCUMENTO SÍNTESE DO FÓRUM POTIGUAR DE CULTURA PARA A EQUIPE DE TRANSIÇÃO DO NOVO GOVERNO ELEITO, ROBINSON FARIA
 
HISTÓRICO
O Fórum Potiguar de Cultura-FPC é uma Articulação de Artistas, Produtores, Redes Setoriais, Grupos e Movimentos Culturais que se mobilizam para provocar uma interlocução entre os segmentos organizados e o poder público. Foi criado em 28 de fevereiro de 2011, no seu primeiro Encontro Estadual, e na mesma data do ano seguinte (28 de fevereiro de 2012), realizou seu segundo Encontro. Atualmente planeja realizar seu terceiro Encontro em fevereiro de 2015.
 
O DEBATE COM OS/AS CANDIDATOS/AS A GOVERNADOR/A
O FPC realizou, no dia 19 de agosto de 2014, 18:30, no Auditório do IFRN Cidade Alta, um Debate com o tema Cultura com os/as candidatos/as a Governador/a do RN, em cujo evento todos candidatos compareceram e se comprometeram, diante de uma audiência lotada, a cumprir com as propostas que foram apresentadas pelos artistas e segmentos. Foram lidas e entregues 04 Cartas Setoriais que estarão anexas junto a esse Documento.
 
A PLENÁRIA DE INDICAÇÃO DO NOME DO GESTOR ESTADUAL
O FPC realizou, no dia 27 de outubro, 18:30, na Sala 13 do IFRN Cidade Alta, a Plenária de Indicação do Nome do Gestor Estadual. Depois de um intenso debate e apresentação de propostas do setor a Plenária discutiu e votou os nomes, pela ordem, de três representantes cujos nomes são JOSENILTON TAVARES, GILSON MATIAS e RODRIGO BICO, sendo que esses perfis serão entregues para a Comissão de Transição do novo Governo.
 
PROPOSTAS DA CULTURA
1 - Criação imediata da Secretaria Estadual de Cultura;
2 - Destinação de no mínimo 1,5% do Orçamento Estadual para a Cultura, nos moldes do que orienta o Sistema Nacional de Cultura;
3 - Criação e fortalecimento do Sistema Estadual de Cultura, com Plano, Fundo e Conselho, tendo como base e orientação o Sistema Nacional de Cultura aplicado pelo Ministério da Cultura-MinC;
4 - Criação da Lei Estadual Cultura Viva fortalecendo os Pontos de Cultura e a Diversidade Cultural do Estado, tendo como base a Lei Nacional Cultura Viva, implementada pelo Ministério da Cultura-MinC;
5 - Promover o Fomento e a Economia da Cultura através da criação de mecanismos de financiamento como Fundos, Editais, Incentivos Fiscais e Investimento Público Direto;
6 - Promover e fortalecer a integração com os Municípios e o Governo Federal, no âmbito do Sistema Nacional de Cultura, estimulando a criação de Consórcios, Festivais e Fóruns Regionais, fortalecendo e estruturando as já existentes Casas de Cultura;
7 - Ter como meta uma Gestão Cultural eficiente, alinhada com as demandas públicas defendidas pelos artistas potiguares e dirigida/operacionalizada por nomes sugeridos pela indicação da Sociedade Civil. Seg abaixo a íntegra do documento entregue:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FÓRUM POTIGUAR DE CULTURA - DIRETRIZES 2018